Resenha: TERRA NOVA: 1×05 – The Runaway

[SPOILERS] By the power vested in me, I now pronounce “Terra Nova” the “FlashForward” of 2011/2012 season. Nas recentes temporadas parece ser norma haver uma série de ficção científica a querer emular o sucesso recente de outras séries do género e que apesar de uma boa premissa, bons valores de produção, elenco competente e de gerar bastante buzz por essa internet fora criando expectativas para aquilo que pode vir a ser como produto televisivo, facilmente cai em desgraça assim que os seus episódios vão sendo revelados semana após semana. Dentro deste perfil encontramos “FlashForward” na temporada 2009/2010, depois “The Event” na temporada 2010/2011, e, nesta temporada, “Terra Nova”.

“Terra Nova”, tal como as outras duas séries referidas no parágrafo anterior, está a tornar-se um fardo (Vítor, vai-te preparando). Os valores de produção mantêm-se bons e o elenco continua com um desempenho bastante competente mas o aproveitamento da sua boa premissa tem sido limitado e as expectativas iniciais mutaram-se em suspiros de desapontamento. A história é, neste momento, frágil e nada do que a série quer enaltecer parece ter força suficiente para a levar a outro nível.

Continuar lendo “Resenha: TERRA NOVA: 1×05 – The Runaway”

Resenha: CONTÁGIO

CONTÁGIO (Contagion, EUA, 2011)
Gênero: Drama
Duração: 106 min.
Elenco: Matt Damon, Marion Cotillard, Kate Winslet, Gwyneth Paltrow, Jude Law, Laurence Fishburne, John Hawkes, Tien You Chui, Josie Ho, Daria Strokous
Trilha Sonora Original: Cliff Martinez
Roteiro: Scott Z. Burns
Direção: Steven Soderbergh
Cotação: ***½

Será que essas declarações de Steven Soderbergh de que vai se aposentar não são para valer? Afinal, no IMDB consta ainda HAYWIRE, a ser lançado este ano, e mais outros três trabalhos para os próximos anos (MAGIC MIKE, THE MAN FROM U.N.C.L.E. e LIBERACE). Alternando entre grandes produções e filmes pequenos e independentes, Soderbergh sempre fez o que quis em Hollywood. Parece que foi ontem que vi pela primeira vez o seu longa de estreia, SEXO, MENTIRAS E VIDEOTAPE (1989). De lá para cá, sua carreira foi oscilando e trilhando caminhos cada vez mais distintos.

CONTÁGIO (2011) está entre as superproduções do diretor. Custou 60 milhões de dólares, mas provavelmente o custo se deve ao elenco estelar. Reunir num mesmo filme Matt Damon, Laurence Fishburne, Marion Cotillard, Kate Winslet, Jude Law, Gwyneth Paltrow e Elliot Gould não é para qualquer um. A trama por si só já é bastante atraente para nós, tão obcecados que somos por tragédias apocalípticas, seja através da natureza, seja por invasão alienígena, por zumbis ou por doenças. Esse último caso, inclusive, é o que mais se aproxima da realidade. O vírus Ebola e as gripes suína e aviária foram exemplos do quanto a população ficou apavorada com uma possível epidemia de grandes proporções. Por isso CONTÁGIO deve conseguir uma boa plateia pagante.

Continuar lendo “Resenha: CONTÁGIO”

Resenha: PIRANHA 3D (Blu-ray 3D)

Produção: 2010
Duração: 89 min.
Direção: Alexandre Aja
Elenco: Elisabeth Shue, Christopher Lloyd, Ving Rhames, Eli Roth, Jerry O’Connell, Steven R. McQueen, Richard Dreyfuss, Jessica Szohr
Vídeo: Widescreen Anamórfico 2.35:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 5.1), Português (DTS-HD HR 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol
Região: A, B, C
Distribuidora: Swen Filmes
Discos: 1 BD (50GB)
Lançamento: 24/09/2011
Cotações: Som: ****½ Imagem 2D: **** Imagem 3D: ***½ Filme: ***  Extras & Menus: **** Geral: ****

SINOPSE
Sol, música, cerveja e mulheres de biquíni. A combinação perfeita para se passar o feriado em um lago. Mas um terremoto liberta um cardume de famintas piranhas pré-históricas, e a xerife Julie Forester (Elisabeth Shue) terá que fazer de tudo para interditar o lago e impedir que toda a galera se transforme em comida de peixe. O problema se agrava quando seu filho mais velho embarca em um cruzeiro como membro da equipe de um filme pornô, e seus dois caçulas ficam à deriva no lago.

COMENTÁRIOS
Em plena febre de remakes, 2010 viu com certo assombro a chegada aos cinemas deste PIRANHA, cuja proposta seria refilmar o cult homônimo produzido por Roger Corman e dirigido por Joe Dante em 1978. O original surgiu na esteira do TUBARÃO de Steven Spielberg, e esta nova versão dirigida por Alexandre Aja parece de fato mais uma refilmagem do dito cujo do que do filme de Dante, trocando o balneário marítimo Amity pela fictícia Lake Victoria, o sexo do xerife (agora uma mulher) e o tubarão por milhares de piranhas pré-históricas. A trama chega até a incluir elementos de TUBARÃO 2 (continuação lançada no mesmo ano do PIRANHA original), com a xerife tendo que salvar seus filhos que saíram para passear de barco.

Continuar lendo “Resenha: PIRANHA 3D (Blu-ray 3D)”