1982 – Há três décadas, o ano mais fantástico de Hollywood

Entre o final dos anos 1970 e início dos anos 1980, a internet era algo que nem o mais visionário escritor de ficção científica poderia prever. Assim, o acesso do fã brasileiro às informações sobre filmes e séries do gênero fantástico era restrito ao pouco que que era publicado em nossa imprensa. Na época, comecei a importar (a duras penas, devido ao alto custo), revistas especializadas como Famous Monsters, Starlog e Fangoria, e lembro bem que a partir do final de 1980 suas páginas começaram a ser invadidas por projetos que chegariam às telas em 1982 – ano que ficou célebre por nele terem sido lançados filmes (a maior parte no verão norte-americano) que, 30 anos depois, ainda são lembrados – alguns como cults, outros como indiscutíveis clássicos da ficção científica e fantasia. O curioso é que parte deles, à época, foram fracassos de crítica ou de bilheteria (às vezes de ambos), mas que posteriormente, com a chegada do home video e suas exibições na TV, foram redescobertos pelo público e ironicamente mereceram continuações ou releituras tardias de Hollywood – na maioria das vezes inferiores ao original. Abaixo, as produções que se destacaram naquele ano memorável:

E.T. – O Extraterrestre – Um dos grandes clássicos do diretor Steven Spielberg, a aventura do alienígena bonzinho na Terra também se consagrou como uma das maiores bilheterias do Cinema. Está saindo este ano em Blu-ray, em uma edição comemorativa aos seus 30 anos;

Tron – Uma Odisseia Eletrônica – Apesar de revolucionário o longa do diretor Steve Lisberger não foi bem nas bilheterias, mas posteriormente foi reconhecido por seu pioneirismo nas áreas da realidade virtual e ciberespaço.  Sua continuação, Tron – O Legado, chegou no final de 2010;

Continuar lendo “1982 – Há três décadas, o ano mais fantástico de Hollywood”

De Volta aos 80 – Parte 2

A febre de produções baseadas nos anos 1980 e “adjacências” continua a todo vapor, sendo que Silvester Stallone foi o responsavel mais direto pelo surgimento desses filmes. A nova safra promete: fora o já lançado Transformers 3, o futuro nos reserva G.I. Joe 2, Os Mercenários 2, Robocop remake, Rambo 5 e 6, Indiana Jones 5, Duro de Matar 5, trilogia Predador, prelúdio Alien, derivados de Blade Runner, Mad Max 4, Thundercats e He-Man.

Com o sucesso do longa Os Mercenários, Stallone já prepara o roteiro da continuação, que dessa vez não será também dirigido por ele. Apesar de muito criticado, o filme teve um bom desempenho nas bilheterias.

Transformers 3: O Lado Oculto da Lua, novamente com direção de Michael Bay e produção de Steven Spielberg, estreou no início de julho de 2011 quebrando os recordes de bilheteria da franquia. O longa anterior arrecadou 800 milhões de dólares.

Ridley Scott está dirigindo Prometheus, o prelúdio de Alien, tendo Charlize Theron no elenco. Com o sucesso de Predadores, Robert Rodriguez pretende iniciar uma trilogia com os caçadores do espaço. A brasileira Alice Braga esteve no filme de 2010. Continuar lendo “De Volta aos 80 – Parte 2”

Resenha: Tron – O Legado (Blu-ray)

Produção: 2010
Duração: 126 min.
Direção: Joseph Kosinski
Elenco: Jeff Bridges, Garrett Hedlund, Olivia Wilde, Bruce Boxleitner, James Frain, Beau Garrett, Michael Sheen, Anis Cheurfa, Daft Punk, Conrad Coates
Vídeo: Widescreen Anamórfico 1.78:1, 2.35:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 7.1, Dolby Digital 2.0), Português, Mandarin, Tailandês (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Chinês, Mandarim, Tailandês, Coreano, Malaio, Indonésio
Região: A, B, C
Distribuidora: Disney
Discos: 2 (50GB)
Lançamento: 05/04/2011
Cotações: Som: ***** Imagem: ***** Filme: **** Extras & Menus: ***½ Geral: ****½

SINOPSE
Sam Flynn (Garrett Hedlund), ao investigar uma misteriosa mensagem recebida do escritório abandonado de seu pai Kevin Flynn (Jeff Bridges), criador dos jogos Space Paranoids e Tron, entra no mundo digital de TRON e acaba caindo no meio de uma guerra de discos entre gladiadores. Com a ajuda de Quorra (Olivia Wilde), Sam reencontra seu pai desaparecido que, na verdade, está aprisionado no universo que ele próprio criou há 20 anos, agora dominado pelo tirânico Clu, programa feito à sua própria imagem.

COMENTÁRIOS
Considerando alguns “tratados” que foram escritos despejando o quão clássico o filme original de 1982 é, e de como seria decepcionante esta tardia continuação, a estreia de Joseph Kosinski na direção de um longa-metragem me surpreendeu positivamente. Sim, porque sob qualquer aspecto, TRON: O LEGADO representa uma experiência cinematográfica superior à do seu predecessor. Claro, é inegável que TRON: UMA ODISSÉIA ELETRÔNICA (TRON, 1982), de Steven Lisberger, foi um filme à frente de seu tempo, com o emprego então inédito de computação gráfica e o conceito de um mundo virtual, 17 anos antes de MATRIX (1999). Contudo, como outros filmes da Disney do período, TRON foi o típico caso de um grande potencial desperdiçado, com seu roteiro simplório e personagens unidimensionais, e que mesmo assim passou a ser cultuado por muitos fãs de ficção científica por seu caráter vanguardista e visionário.

Continuar lendo “Resenha: Tron – O Legado (Blu-ray)”