Resenha: STAR TREK: FIRST CONTACT – Jerry Goldsmith (Trilha Sonora Completa)

Música composta e regida por Jerry Goldsmith, música adicional de Joel Goldsmith
Selo: GNP Crescendo Records
Catálogo: GNPD 8079
Lançamento: 03/04/2012
Cotação: ****

O prematuro falecimento do compositor Joel Goldsmith, filho do lendário Jerry Goldsmith (1929-2004), recentemente enlutou o mundo das trilhas sonoras. Além de ter uma consistente carreira própria, em especial na televisão, Joel colaborou com o pai em alguns trabalhos, como a trilha eletrônica de Runaway – Fora de Controle, onde foi o programador dos sintetizadores. Aliás, é sabido que Joel foi o responsável por mostrar ao pai as possibilidades da música eletrônica, sendo que Jerry terminou por incorporar os sintetizadores como uma seção complementar da orquestra. Mas entre as parcerias entre pai e filho a mais famosa é este score de Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato, que finalmente recebeu uma edição completa oficial (e limitada em 10.000 cópias), lançada no último mês de abril – menos de um mês antes da morte de Joel.

O filme, o melhor da Nova Geração de Jornada nas Estrelas, possui uma trama que envolve os melhores vilões da série, os Borgs, e um acontecimento histórico na mitologia da franquia: o primeiro vôo em dobra espacial de Zefram Cochrane (James Cromwell), que levou ao primeiro contato da humanidade com uma raça alienígena – os Vulcanos. Um dos acertos do diretor Jonathan Frakes foi lutar com os executivos para trazer de volta Jerry Goldsmith como compositor da trilha original, a fim de que o filme efetivamente soasse como uma grande produção cinematográfica, e não como  um mero episódio longo da série. Mesmo sobrecarregado com outro trabalho o compositor aceitou o convite, desde que seu filho Joel pudesse ajudá-lo nas composições e orquestrações.

Continuar lendo “Resenha: STAR TREK: FIRST CONTACT – Jerry Goldsmith (Trilha Sonora Completa)”

Os Romances de Jornada nas Estrelas

Kirk em mais um romance passageiro

Uma das características da Série Clássica de Jornada nas Estrelas, bem como da Nova Geração, é de não terem desenvolvido relacionamentos amorosos sérios entre os personagens. De acordo com o site Trek Brasilis:

“Kirk nunca chegou a se envolver seriamente com alguém. Seus relacionamentos eram mais concentrados em conquistas semanais e meramente físicas. Sua única grande paixão ao longo da Série Clássica – com exceção, é claro, da Enterprise – foi com Edith Keeler, do episódio “The City on the Edge of Forever”.

O relacionamento-surpresa de Spock e Uhura

O capitão Kirk chegou a ter um filho, de nome David, com a ex-namorada Carol Marcus, como foi mostrado em Jornada nas Estrelas II – A Ira de Khan. Já a enfermeira Chappel nutria sentimentos por Spock, mas eles nunca tiveram uma relação. Uma surpresa para os fãs veio no filme Star Trek de J.J. Abrams (2009), quando eles ficaram sabendo que Spock e Uhura, na linha de tempo alternativa que foi criada, têm um romance. Para sabermos se esse relacionamento será duradouro teremos de esperar até 2012, quando será lançado o próximo filme.

Continuar lendo “Os Romances de Jornada nas Estrelas”