Resenha: O VINGADOR DO FUTURO – ULTIMATE REKALL EDITION (Blu-ray)

total_recall_BDTOTAL RECALL
Produção
: 1990
Duração: 114 min.
Direção: Paul Verhoeven
Elenco: Arnold Schwarzenegger, Sharon Stone , Michael Ironside, Ronny Cox, Rachel Ticotin
Vídeo: 1.85:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 5.1), Português, Francês, Italiano (DTS 5.1), Espanhol (DTS 2.0)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Italiano, Francês, Outros
Região: A, B, C
Distribuidora: Universal
Discos: 1 (BD 50GB)
Lançamento: 29/11/2012
Cotações (Médias): Som: ****  Imagem: **** Filme: **** Extras & Menus: **** Geral: **** 

SINOPSE
No ano de 2048, Douglas Quaid (Arnold Schwarzenegger) tem sonhos recorrentes com o planeta Marte, uma colônia da Terra. Disposto a tirar férias de sua vida mundana, ele decide contratar a empresa Rekall para implantar uma falsa memória em seu cérebro, e viver uma grande aventura no planeta que vê em seus sonhos. Mas algo dá errado, e ele tem que fugir para Marte a fim de entrar em contato com revolucionários e descobrir se, afinal de contas, sua viagem é verdadeira ou apenas o resultado de um implante mal sucedido no seu cérebro.

totalrecallbdcap2

COMENTÁRIOS
Inspirado no conto “We Can Remember It for You Wholesale” de Phillip K. Dick, famoso autor sci fi que também escreveu BLADE RUNNER e MINORITY REPORT, TOTAL RECALL – que no Brasil recebeu um título em português que busca uma ligação com o maior sucesso de seu astro, Arnold Schwarzenegger – foi dirigido pelo holandês Paul Verhoeven (ROBOCOP, TROPAS ESTELARES) em 1990, com base no roteiro de Ronald Shusett, Dan O’Bannon (a dupla de ALIEN – O OITAVO PASSAGEIRO) e Gary Goldman. Após este filme Verhoeven dirigiria o destaque de sua carreira hollywoodiana, INSTINTO SELVAGEM, que transformou Sharon Stone (que aqui faz o papel da esposa má do herói) em estrela.

Continuar lendo “Resenha: O VINGADOR DO FUTURO – ULTIMATE REKALL EDITION (Blu-ray)”

Resenha: STAR TREK: FIRST CONTACT – Jerry Goldsmith (Trilha Sonora Completa)

Música composta e regida por Jerry Goldsmith, música adicional de Joel Goldsmith
Selo: GNP Crescendo Records
Catálogo: GNPD 8079
Lançamento: 03/04/2012
Cotação: ****

O prematuro falecimento do compositor Joel Goldsmith, filho do lendário Jerry Goldsmith (1929-2004), recentemente enlutou o mundo das trilhas sonoras. Além de ter uma consistente carreira própria, em especial na televisão, Joel colaborou com o pai em alguns trabalhos, como a trilha eletrônica de Runaway – Fora de Controle, onde foi o programador dos sintetizadores. Aliás, é sabido que Joel foi o responsável por mostrar ao pai as possibilidades da música eletrônica, sendo que Jerry terminou por incorporar os sintetizadores como uma seção complementar da orquestra. Mas entre as parcerias entre pai e filho a mais famosa é este score de Jornada nas Estrelas: Primeiro Contato, que finalmente recebeu uma edição completa oficial (e limitada em 10.000 cópias), lançada no último mês de abril – menos de um mês antes da morte de Joel.

O filme, o melhor da Nova Geração de Jornada nas Estrelas, possui uma trama que envolve os melhores vilões da série, os Borgs, e um acontecimento histórico na mitologia da franquia: o primeiro vôo em dobra espacial de Zefram Cochrane (James Cromwell), que levou ao primeiro contato da humanidade com uma raça alienígena – os Vulcanos. Um dos acertos do diretor Jonathan Frakes foi lutar com os executivos para trazer de volta Jerry Goldsmith como compositor da trilha original, a fim de que o filme efetivamente soasse como uma grande produção cinematográfica, e não como  um mero episódio longo da série. Mesmo sobrecarregado com outro trabalho o compositor aceitou o convite, desde que seu filho Joel pudesse ajudá-lo nas composições e orquestrações.

Continuar lendo “Resenha: STAR TREK: FIRST CONTACT – Jerry Goldsmith (Trilha Sonora Completa)”

Resenha: PROMETHEUS – Marc Streitenfeld (Trilha Sonora)

Música composta por Marc Streitenfeld
Selo: Sony Masterworks
Catálogo: 197834
Lançamento: 05/06/2012
Cotação: ****

Normalmente não gosto de comentar uma trilha sonora antes de ouvi-la em seu respectivo filme, já que ela, em princípio, foi criada para acompanhar as imagens que vemos na tela e sua audição em separado pode gerar uma avaliação desconexa com as intenções do compositor e até mesmo do realizador. O melhor de dois mundos são aqueles scores que cumprem bem sua missão de dar o adequado suporte ao filme e, ao mesmo tempo, em álbum revelam ser uma audição atraente – algo, hoje em dia, raro de acontecer. De qualquer maneira, com o hype e a excelente campanha de marketing que antecede o lançamento de Prometheus, que marca o retorno do diretor Ridley Scott ao universo sci fi por ele introduzido no antológico Alien – O Oitavo Passageiro (1979), me vi tentado a não só ouvir, mas também a comentar a trilha sonora que será lançada em CD daqui a algumas semanas (por volta da mesma época do filme), mas que já está disponível para download no iTunes.

Como quem está lendo esta resenha deve saber, o filme de 1979 recebeu um estimado score de Jerry Goldsmith que, em virtude de diferenças criativas entre o compositor e o diretor, na montagem final foi recortado e, em determinadas sequências, até mesmo substituído por peças eruditas ou por trechos de um antigo score de Goldsmith, Freud. Como ainda não assisti a Prometheus não posso afirmar que isso não se repetiu, mas o fato é que Scott adora mexer com as partituras que os compositores lhe entregam. Em Cruzada, substituiu trechos da música original de Harry Gregson-Williams por trilhas de outros filmes (ironicamente até por uma composição de Goldsmith), e no caso presente temos o “reforço” ao score de Marc Streitenfeld de duas faixas de… Harry Gregson-Williams. Mas independentemente do que possamos ouvir (ou não) no filme, achei promissor este trabalho do alemão Streitenfeld, que de integrante da equipe de Hans Zimmer alçou carreira solo e tornou-se o colaborador habitual de Scott em seus últimos filmes.

Continuar lendo “Resenha: PROMETHEUS – Marc Streitenfeld (Trilha Sonora)”

Resenha: Alien Anthology (Blu-ray)

Produção: 1979, 1986, 1992, 1997
Duração: 552 min.
Direção: Ridley Scott, James Cameron, David Fincher, Jean-Pierre Jeunet
Elenco: Sigourney Weaver, Tom Skerrit, John Hurt, Ian Holm, Verônica Cartwright, Yaphet Kotto, Harry Dean Stanton, Michael Biehn, Lance Henriksen, Paul Reiser, Bill Paxton, Carrie Henn, Charles Dance, Charles S. Dutton, Lance Henriksen, Paul McGann, Winona Ryder, Ron Perlman, Brad Dourif
Vídeo: Widescreen Anamórfico 2.35:1 / 1.85:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 5.1, Dolby Digital 4.0), Francês (DTS 5.1), Português, Espanhol (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Alemão, Francês, Holandês, Finlandês, Norueguês, Sueco
Região: A, B, C
Distribuidora: Fox
Discos: 6
Lançamento: 27/10/2010
Cotações: Som: ****½ Imagem: **** Filme: ****½ Extras & Menus: ***** Geral: ****½

SINOPSE
A quadrilogia ALIEN finalmente chega em seis discos Blu-ray, em uma edição que inclui as versões de cinema e estendidas de cada filme, remasterizados com som e imagem em alta definição, e mais de 60 horas de extras. O material suplementar inclui conteúdo inédito e a experiência interativa do modo MU-TH-UR, o que torna esta a tão aguardada coleção definitiva de ALIEN.

COMENTÁRIOS
A franquia cinematográfica ALIEN marcou época em vários gêneros – ficção científica, terror, suspense e ação -, com cada um dos quatro filmes até agora lançados buscando trazer ao público a visão pessoal de seu diretor. Dentre eles, temos dois que são clássicos absolutos e outros dois que, em virtude de problemas variados, não atingiram tal patamar, mas que, a seu modo, não deixam de ser experiências interessantes e por vezes fascinantes. Aproveitamos este lançamento da antologia em alta definição (que para alívio de muitos não inclui os dois crossovers com PREDADOR) para fazermos uma breve retrospectiva de cada produção. Mas atenção: apesar de saber que dificilmente alguém que esteja lendo esta resenha ainda não tenha assistido a estes filmes, fica o alerta de que o texto a seguir contém “Spoilers”: Continuar lendo “Resenha: Alien Anthology (Blu-ray)”