Artigos Quadrinhos

Sci Files nos Quadrinhos: A Marvel Detonando… A Marvel – Parte 2


Como havia alertado anteriormente, a decisão da Marvel de seguir as pautas politicamente corretas e ficar mudando a etnia ou sexualidade de seus ícones – Capitão América, Hulk, Thor, Homem-Aranha, Wolverine e outros – está afundando a editora.

O painel de uma hora “Marvel: dos Quadrinhos para as Telas” irá destacar como alguns dos personagens e histórias mais icônicas da Marvel contribuíram para os jogos, filmes e séries de televisão que são renomados entre a cultura popular. Como informa parte do anúncio do painel, “Tudo começa com uma ideia – e a Marvel Comics é a fagulha que inicia o fogo!”.

O pessoal do Bleeding Cool estima que o motivo para o Joe Quesada e o C.B. Cebuloski estarem fazendo o painel é, na essência, salvar a Marvel Comics, uma vez que as vendas estão caindo há anos e eles precisam convencer a Disney de que publicar quadrinhos da Marvel – mesmo que perdendo dinheiro – ainda é uma boa ideia porque eles servem de inspiração para os mercados que realmente fazem dinheiro, como o insanamente popular Universo Cinematográfico do Kevin Feige.

Com relação ao mercado de quadrinhos e a Marvel Comics estarem em colapso, uma cúpula de varejistas foi realizada recentemente onde Brian Hibbs sugeriu que a indústria está basicamente de joelhos, e apontou a Marvel como a principal culpada.

Existem quadrinhos nos top 100 dos EUA que não estão nem mesmo vendendo vinte mil cópias. Um número significativo de lojas fechou – talvez uns 10% de lojas. Hibbs disse: “Quer um exemplo claro e atual da estratégia absurda da Marvel de “inundar a zona”? Guerra dos Reinos supostamente será o maior evento do Q2 em 2019, mas só no primeiro mês eles estão nos pedindo para comprar duas edições da série, sem data de lançamento, assim como quatro minisséries tie-ins. Todas essas seis edições (que estão construídas em volta de uma saga de seis edições) vão requerer pedidos finalizados de nossa parte antes que tenhamos vendido uma única edição para um leitor. Existe alguém nesta sala que acha isso bom? Que isso vai vender mais quadrinhos para mais leitores? Que isso vai vender mais alguma cópia para pessoas que ainda não estão em dia com os lançamentos da Marvel? ”

Enquanto ainda é apenas especulação que a Disney fecharia a Marvel Comics, é digno de nota que um dia a Disney simplesmente decida licenciar os personagens e parar as publicações. O CEO da Disney Bob Iger, em uma ligação com investidores, disse que a companhia não irá se preocupar em produzir videogames de maneira interna simplesmente porque eles sentem que não vale a pena. Talvez esse seja o destino da indústria de quadrinhos da Marvel?

Um dos exemplos mais recentes dessa má gestão nos quadrinhos é que mesmo o filme da Capitã Marvel tendo feito 1 bilhão de bilheteria, isso não se refletiu num aumento de vendas da revista da personagem, que corre risco de cancelamento. A trajetória   recente da personagem Carol Danvers nos mostra os erros da editora. A maior parte do público a conhece como Miss Marvel, e por um tempo ela andou sumida utilizando o nome de Nova. Após recuperar seus poderes ela volta a ser a Miss Marvel, e do nada em 2011 ela vira a Capitã Marvel. Depois ainda fazem a saga Guerra Civil 2, colocando-a contra o Homem de Ferro. É uma cópia de Guerra Civil (2006), mas limando o papel do Capitão América na história.

Faz quase uma década que a Marvel vem aumentando seus equívocos. O primeiro passo foi cancelar metade das revistas dos X-Men e do Quarteto Fantástico, pelo fato desses personagens então ainda estarem na Fox. X-Men é a revista da Marvel que mais vende, e os filmes dos X-Men fazem sucesso desde 2000, e mesmo assim eles tentaram trocá-los pelos Inumanos, o que resultou em fracasso. A série de TV dos Inumanos, com apenas 8 episódios, foi um fiasco, se comparada com The Gifted e Legion que saíram pela Fox – ainda que ambas tenham tido apenas 2 temporadas.

Quando a Marvel resolveu investir em diversidade, mudando a etnia e a sexualidade de seus personagens ícones, eles cavaram a própria cova. Revistas que antes vendiam 200 mil ou 100 mil exemplares, hoje com as mudanças mal vendem 20 mil exemplares.

Nos anos 1990, quando a Marvel não fazia loucuras politicamente corretas, a história em 3 partes O Retorno de Magneto, publicada nos EUA em 1991, chegou a vender 7 milhões de exemplares entre 1991 e 1993. Quando a Marvel se empenha em fazer boas histórias eles vendem bem, que não é o caso das com um Wolverine gay como fizeram em Ultimato, ou um Wolverine mulher. Wolverine é um ícone da Marvel, apaixonado pela Jean Grey e por cerveja. Mudar isso é detonar o personagem. Transformar Jane Foster no novo Thor foi outra mancada grave.

A história do Capitão América da Hidra também não foi bem recebida pelo público. Se eles queriam fazer um Capitão América do mal poderiam ter feito uma versão alternativa do personagem, que capturaria o verdadeiro e fingiria ser ele. Uma versão alternativa e maligna, aliando-se à Hidra, seria aprovada pelos fãs. Mas aqui, de novo, escolheram o pior caminho.

Tivemos um excesso de sagas de heróis contra heróis, e de todas apenas X-Men x Vingadores teve uma qualidade excelente. Encerrar o universo Ultimate foi um dos poucos acertos, mas não enterraram todos aqueles personagens ainda. Quando a DC lançou os novos 52 em 2011 e mudaram a sexualidade de alguns personagens, isso mostrou ser um erro, que corrigiram na maioria dos personagens em Rebirth (2016). Enquanto a DC diminuiu a diversidade nos quadrinhos em Rebirth, cometeram o erro de aumentar isso no Arrowverso televisivo.

Kevin Feige vem demonstrando que pretende trazer para o cinema as mancadas que a Marvel cometeu nos quadrinhos. Temos alguns exemplos nos filmes: o mestre do Doutor Estranho virou mulher, assim como Mar-vell no filme da Capitã  Marvel, que virou a personagem de Annette Bening. A valquíria nórdica teve sua etnia modificada em Thor – Ragnarok. Feige quer deturpar personagens numa escala ainda maior nas fases 4 e 5 dos filmes. Pelo visto ele não viu o estrago que a pauta politicamente correta, ou “lacração”, causou na editora.

Empoderamento em Vingadores: Ultimato

Na última década, enquanto a Marvel fazia bilhões no cinema, cerca de 18 bilhões em 20 filmes pela Disney, a editora ia pelo ralo. O Homem-Aranha é um dos personagens que mais foi detonado pela editora nos últimos anos. Primeiro o acordo com Mefisto encerrou o casamento de Peter Parker com a Mary Jane, depois mataram o personagem no universo Ultimate e o trocaram por uma versão que recebeu o apelido de Aranha Obama.

Na última versão do cinema, o Aranha mais parece uma versão fake: o tio Ben foi trocado pelo Tony Stark, que faz os uniformes do Aranha, não tem o Clarim Diário, não tem o J. Jonah Jameson, não tem Mary Jane e nem Gwen Stacy. O Flash Thompson virou um indiano chato incapaz de assustar alguém, e a tia May foi transformada numa MILF que poderia estar na revista Playboy. E para piorar as coisas, o acordo entre a Disney e a Sony que permitia a participação do Aranha no MCU acabou, o que indica que vem por aí outro reboot.

FONTES:

https://ultimatodobacon.com/a-disney-esta-considerando-fechar-a-Marvel-comics/?fbclid=IwAR2md3qhC0q3r5kushgM6d49g22aj6D_4D0KJ2WlP0RVmz-nFV1Q8kOnoJE

https://splashpages.wordpress.com/2017/12/21/Marvel-cancela-pelo-menos-cinco-titulos-todos-eles-estao-ligados-a-diversidade/

http://submundo-hq.blogspot.com/2017/04/Marvel-x-diversidade-polemica-do-momento.html

http://www.anarcopop.xyz/2016/07/leitores-abandonam-Marvel-comics-depois_8.html

TRAILERS:

Guilherme da Costa Radin

5 comentários em “Sci Files nos Quadrinhos: A Marvel Detonando… A Marvel – Parte 2

  1. Pois e. Os caras querem ficar bonitinhos na fita e só fazem besteira. O seriado da Batgirl não vou nem perder o meu tempo . Os caras querem fazer personagens homo,trans,bi,tri o diabo que seja tudo bem mais não mexam com ícones da cultura.

    Curtir

    • Carlos Fernando Schmitt

      Concordo plenamente! Quanto à Marvel, se tiver de afundar, que afunde. Há tempos só releio material de antes dos anos 2000…

      Curtir

    • Só para esclarecer: o seriado que vem aí (da DC, não da Marvel), é da BATWOMAN. Batgirl é outra personagem.

      Curtir

      • ok, usei apenas como mais um exemplo..Mais veja você Batgirl ( Adam West ) / Batwoman realmente grandes diferenças de personagens.Filha do comissario. Uma e garota e outra e mulher. Tudo bem.

        Curtir

  2. Carlos Fernando Schmitt

    Parabéns pela análise!!! Finalmente alguém teve coragem de dizer o que é óbvio: “quem lacra não lucra…”

    Live long and prosper

    Curtir

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: