Sci Files: POWER RANGERS


Este ano foi lançado um novo filme baseado na franquia Power Rangers, criada pela Saban em 1995 copiando a série japonesa Zyuranger. De acordo com a wikipedia:

Power Rangers é uma franquia da empresa Saban Entertainment, inspirada em séries japonesas Super Sentai. Composta de séries de televisão infanto-juvenis, filmes, histórias em quadrinhos e brinquedos. Teve início em 1993 pela Saban Entertainment nos Estados Unidos. Em 2001 os direitos foram vendidos por 5 bilhões de dólares para BVS Entertainment em parceria com a Walt Disney Company. A Saban recuperou os direitos da franquia em 2010, e as séries são produzidas pela Saban Brands, LCC e pela SCG Power Rangers, LLC. A franquia está no ar até hoje adaptando as séries Super Sentai para o mercado norte-americano. No Brasil, as séries de televisão Power Rangers já foram exibidas nos canais Fox KidsRede GloboJetixDisney XD e na Nickelodeon. Hoje, a franquia está sob os direitos da Rede Bandeirantes e do Cartoon Network. Todas as séries estão disponíveis nos serviços de streaming Claro Video e Netflix.

O sucesso de Power Rangers foi tanto que deu origem a séries como VR Troopers (misturando Spielvan e Metalder) e Masked Rider (Kamen Rider Black RX). Teve até um crossover dos Rangers com o Masked Rider, e outro com as tartarugas ninjas.

As primeiras temporadas foram adaptações de Zyuranger, Dairanger e Kakuranger, mas os heróis só trocaram de uniforme durante a adaptação de Ohranger. Nas primeiras temporadas só utilizaram os uniformes de Zyuranger – com exceção do Ranger Branco, já que seu uniforme vem da série Dairanger.

Em 1995 foi lançado o primeiro filme dos Power Rangers, que fez sucesso. Dois anos depois saiu Power Rangers: Turbo, uma adaptação do Sentai Carranger que foi um fracasso nos cinemas. A primeira fase de Power Rangers termina com a série Power Rangers no Espaço, que é uma versão de Megaranger. A segunda fase começa com Power Rangers na Galáxia Perdida (1999), que é uma adaptação de Gingman. Esta fase termina com Power Rangers RPM (2009), que é uma adaptação de Go-onger.

A terceira fase começa com Power Rangers Samurai, versão do Sentai Shinkenger, e se estende até a série Power Rangers  Ninja Steel (2017), adaptação de Nininger (2015). NesTa fase eles pularam os Sentais Gobuster e Toqger. Foi na terceira fase que a Saban decidiu fazer um novo filme, que é um reboot das duas primeiras temporadas de Power Rangers.

O novo filme acaba sendo um  re-reboot de Zyuranger, tendo custado Us$ 100 milhões e até o momento arrecadado Us$ 260 milhões. É improvável que tenha uma continuação, mas ela pode se tornar viável caso ele for bem na China. Os destaques do elenco ficam com Elizabeth Banks como Rita Repulsa e e Brian Cranston como Zordon. O longa perde muito tempo mostrando que os adolescentes odeiam a cidade (influência de O Clube dos Cinco), que depois acabam querendo salvar. Nem a transformação de robê gigante eles colocaram no filme.

No Brasil só foram exibidos os Sentai Google Five, Changeman, Flashman e Maskman. Nenhuma das séries utilizadas para Power Rangers passaram aqui. Para os fãs de Power Rangers recomendo que continuem assistindo as séries, pois o novo filme é medíocre.

FONTES:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Power_Rangers

https://omelete.uol.com.br/filmes/lista/power-rangers-relembre-todas-as-temporadas-e-equipes-da-serie-de-tv/

TRAILERS:

Guilherme da Costa Radin

Anúncios

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s