Sci Files: ROGUE ONE – Recontando a Mitologia STAR WARS


Rogue One – Uma História Star Wars é o primeiro spin off cinematográfico da Disney baseado na criação de George Lucas. Mas já houve um derivado, ainda na época da Fox, que o precedeu: Caravana da Coragem (1986), telefilme que foi seguido por A Batalha de Endor (1986).

Gareth Edwards foi o diretor escolhido devido ao sucesso de Godzilla (2014). O plano original da Lucasfilm/Disney era lançar um filme solo de Boba Fett após o longa O Despertar da Força, mas devido à problemas no desenvolvimento o projeto foi adiado, e Rogue One tomou seu lugar.

A premissa do filme baseia-se no roubo dos planos da primeira Estrela da Morte (fato mencionado no inicio de Uma Nova Esperança, o Star Wars original, ao qual Rogue One basicamente adiciona mais duas horas à sua duração). Na trama, vemos Jyn Erso (Felicity Jones) sendo recrutada pela Aliança Rebelde para localizar seu pai, Galen Erso (Mads Mikkelsen), que contra sua vontade está construindo a Estrela da Morte.

O longa faz muitas referencias à Nova Trilogia, The Clone Wars, Star Wars Rebels O Despertar da Força, mas o gancho principal é com a Trilogia Clássica.

Curiosidades sobre a produção:

  • A esquadrilha Rogue, batizada em homenagem à equipe de Jyn Erso, aparece nos Episódios V, VI, videogames, livros e quadrinhos;
  • Esse é o primeiro filme de Star Wars onde John Willians não compôs a trilha sonora;
  • Jyn Erso e Cassian Andor são inspirados nos personagens Jan Ors e Kyle Katarn do jogo Dark Forces (1992), onde originalmente ocorria o roubo dos planos da Estrela da Morte, antes da Disney deletar a antiga timeline (1977 a 2014). Nela, Katarn ainda apareceu nos jogos Dark Forces 2 e 3, além de livros da Nova Ordem Jedi;
  • Rogue One traz participações especiais de personagens clássicos como Tarkin, Princesa Leia (estes com rostos recriados em CGI), Mon Mothma, Bail Organa, R2-D2, C-3P0 e  Darth Vader;
  • Jyn esbarra em Jedha com dois criminosos, que no filme original puxam briga com Luke na cantina de Mos Esley;
  • Um dos Guardiões de Whills aparece em O Despertar da Força, na missão de Poe. Outros dois participam da equipe Rogue One;
  • Saw Gerrera, que surgiu na série The Clone Wars, é um dos personagens principais do filme;
  • Durante a produção, o diretor encontrou cenas não utilizadas da batalha de Yavin-4 (de Uma Nova Esperança), e as inseriu modificadas na batalha de Scarif, trazendo de volta os pilotos que participaram do ataque à primeira Estrela da Morte;
  • Vemos o castelo de Darth Vader em Mustafar, embora sua concepção original tenha sido no filme O Império Contra-Ataca (1980). Existem rumores de que o castelo reaparecerá em Os Últimos Jedi ou no Episódio IX;
  • As melhores cenas do filme são, justamente, aquelas onde vemos Vader em ação;
  • Na primeira versão do filme os heróis saem vivos, como se pode notar nos três primeiros trailers, mas o quarto trailer é o único que contém cenas das refilmagens, onde eles morrem no final. Mais de 30 cenas foram cortadas ou refeitas entre a filmagem original e a refilmagem;
  • A terceira temporada da série Rebels, que se passa dois anos antes de Rogue One, tem três episódios ligados ao filme;
  • O longa foi a segunda maior bilheteria de 2016, ficando atrás apenas de Capitão América: Guerra Civil (também da Disney);
  • Rogue One custou 200 milhões e arrecadou 1 bilhão de dólares, enquanto O Despertar da Força custou 250 milhões e arrecadou 2 bilhões;

Em 2017 teremos o lançamento de Star Wars Episodio VIII (Os Últimos Jedi) e a quarta temporada de Rebels. Há rumores de que a futura Fase 2 de filmes Star Wars da Disney terá um longa situado na Guerra dos Clones, o que seria bom. Também poderia haver filmes na época da Antiga República, onde apareceriam personagens memoráveis como Naga Sadow, Exar Kun, Darth Revan, Darth Nihilus, Darth Malgus e Darth Bane. Só na época do Darth Revan poderiam facilmente fazer seis filmes, mostrando sua história.

Diria que Rogue One é um dos melhores filmes da saga,  junto de O Império Contra-Ataca, O Retorno de Jedi e A Vingança dos Sith. Já O Despertar da Força foi o pior, na minha opinião.  Por enquanto temos confirmados os filmes Episódio VIII, Episódio IX e Han Solo. Existem boatos de um longa com Kenobi, protagonizado por Ewan McGregor.

Rogue One é um filme altamente recomendado para os fãs de Star Wars ou para quem gosta de ficção cientifica – e até mesmo para aqueles que não assistiram ao Star Wars original de 1977.

Trailer:

Trailers de Rogue One:

Guilherme da Costa Radin

Anúncios

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s