Resenha: O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS – Edição Estendida (Blu-ray 3D+Blu-ray)


hoobt-3-BDTHE HOBBIT: THE BATTLE OF THE FIVE ARMIES – Extended Edition
Produção: 2014
Duração: 164 min.
Direção: Peter Jackson
Elenco: Martin Freeman, Ian McKellen, Orlando Bloom, Richard Armitage, Aidan Turner, James Nesbitt, Evangeline Lilly, Luke Evans, Lee Pace, Benedict Cumberbatch, Cate BlanchettHugo WeavingChristopher LeeGraham McTavishMikael Persbrandt, Ken Stott, Dean O’GormanSylvester McCoy, Stephen Fry, Jed Brophy, Manu Bennett, Billy Connolly. Ian Holm, Elijah Wood
Vídeo 2D: 2.40:1 (1080p/AVC MPEG-4)
Vídeo 3D: 2.40:1 (1080p/MVC MPEG-4)
Áudio: Inglês (DTS-HD Master Audio 7.1), Português, Espanhol, Francês (Dolby Digital 5.1)
Legendas: Português, Inglês, Espanhol, Francês, etc.
Região: A, B, C
Distribuidora: Warner
Discos: 5 (BD 50GB)
Lançamento: 03/12/2015
Cotações: Som: ***** Imagem 2D: ***** Imagem 3D***** Filme: *** Extras & Menus: ***** Geral: ****½

SINOPSE
Thorin Escudo de Carvalho e os Anões de Erebor recuperaram a vasta riqueza de sua terra natal, mas agora precisam enfrentar as consequências de terem libertado o aterrorizante Dragão Smaug sobre a Cidade do Lago. Enquanto isso, Sauron, o Senhor do Escuro, enviou legiões de Orcs para atacar a Montanha Solitária, e Bilbo Bolseiro se encontra lutando por sua vida e pela de seus amigos enquanto os cinco grandes exércitos vão para a guerra. Conforme a escuridão avança, Anões, Elfos e Homens devem tomar uma decisão – unir-se ou serem destruídos.

1448266050_8

COMENTÁRIOS
Para ler nossa avaliação da versão de cinema de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS, clique AQUI. Quanto a esta edição estendida, a exemplo das similares da trilogia O SENHOR DOS ANÉIS, de O HOBBIT: UMA JORNADA INESPERADA e de O HOBBIT: A DESOLAÇÃO DE SMAUG, ela adiciona uns 20 minutos de conteúdo adicional ao corte original de cinema. Este terceiro capítulo foi o mais prejudicado, estruturalmente, pela decisão do estúdio em transformar o projeto original de dois filmes numa trilogia, e o que foi acrescido não elimina todas as falhas. Alguns lapsos do roteiro, que poderiam ter sido eliminados com inserções, persistem. Assim, não ficamos sabendo, por exemplo, o que levou Beorn e as águias a participarem da batalha. De qualquer maneira, além do novo material onde predomina a ação, há pelo menos umas duas inclusões que tornam esta versão superior à vista nos cinemas.

Parte das novidades são difíceis de ser notadas, como as adições no confronto inicial entre Bard e Smaug (que claramente está deslocado neste terceiro filme), outras consistem de diálogos que buscam melhorar o fluxo narrativo. Mais significativos são os acréscimos na sequência de resgate de Gandalf em Dol Guldur, especialmente quando um grande orc (cujo visual é o que foi originalmente criado para Bolg) está prestes a cortar a mão do mago para obter seu Anel, e é confrontado por Galadriel; a cena onde Radagast dá seu bastão para Gandalf; e um ótimo momento entre Bilbo e Bofur em Erebor. Mas o grosso das adições se concentra na longa batalha que dá nome ao filme.

1448266223_3

Agora, temos um combate inicial entre os exércitos de Dáin (anões) e de Thranduil (elfos), antes da chegada dos orcs. E quando estes finalmente chegam ao campo de batalha, eles trazem mais (e bizarramente variados) trolls de guerra. Nas ruínas de Vale, Gandalf tem um encontro com um enorme troll e vemos o destino do chato Alfrid, que ficava em aberto na versão do cinema. Legolas mata dúzias de orcs pendurado de cabeça para baixo em um morcego gigante, e os anões, seguindo Thorin, fazem uma louca disparada em uma carruagem de guerra puxada por carneiros, rumo ao local onde está o vilão Azog. Cabeças e membros de orcs e trolls são decepados, deixando esta versão mais violenta. O urso Beorn, Dáin e Thranduil fazem mais estragos no exército orc. Vemos como Bifur finalmente perde o machado que, desde o primeiro filme, estava encravado na sua cabeça – e fala pela primeira vez.

Após a batalha, temos a adição mais dramaticamente relevante de todas: uma sequência mais longa do funeral dos heróis tombados, onde ficamos sabendo o que aconteceu com a Pedra Arken, e a subsequente coroação de Dáin.

1448266223_8

SOBRE O BD
A exemplo dos dois capítulos anteriores da saga O HOBBIT, este box mais completo de A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS traz as versões standard e 3D da edição estendida do filme, e possui cinco discos Blu-ray – um para a versão 2D, dois para a 3D e mais dois para os extensos Apêndices de produção. A única diferença da edição nacional em relação à norte-americana, mais uma vez, é a embalagem, que lá é um estojo elite preto e aqui Digipack (tamanho DVD) – em ambos os casos, mantendo o padrão das edições estendidas de O SENHOR DOS ANÉIS. Como a edição dos EUA, nosso box é envolto por uma luva grossa que incorpora uma arte lenticular do filme.

As transferências 1080p/AVC MPEG-4 (2D) e 1080p/MVC MPEG-4 (3D) de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS, mantém o alto padrão da trilogia. Como seus antecessores, o longa foi rodado com câmeras Red Epic usando o frame rate de 48fps, e novamente não houve problemas na conversão para os 24fps convencionais do Blu-ray. A imagem é altamente detalhada e nítida, com excelente contraste e estabilidade de cores. Porém, sempre é bom lembrar que, seja na fotografia original, seja na pós-produção, foram empregados filtros para chegar à apresentação visual que o diretor Peter Jackson e seu diretor de fotografia Andrew Lesnie quiseram dar a estes filmes, com uma paleta de cores mais esmaecida e que busca recriar o tom das ilustrações dos livros. A apresentação 1080p agrada tanto na versão normal como em terceira dimensão. Com a mesma excelente qualidade que a transferência AVC-2D, a MVC-3D não apresenta perdas de detalhamento ou brilho, e agrega um intenso nível de profundidade e dimensão. Como sempre, a ênfase de Jackson não está em lançar objetos na direção do espectador (ainda que isso às vezes ocorra, principalmente durante a grande batalha), mas sim em criar uma experiência tridimensional absolutamente imersiva. Isso é conseguido, e sem que tenham sido percebidos artefatos digitais ou aliasing e ghosting – estes, problemas normalmente associados ao 3D doméstico.

No que se refere ao áudio, a faixa original em inglês DTS-HD Master 7.1 é espetacular. O alcance dinâmico é extenso, amplo, reproduzindo os menores sons com fidelidade cristalina. Nos momentos calmos, sons discretos e envolventes criam uma ambientação que casa perfeitamente com a imersão 3D, e nas sequências de ação os efeitos surround tornam-se agressivos e ganham um acompanhamento à altura dos graves massivos que ribombam através do subwoofer. Mesmo em tais sequências, os diálogos permanecem claros e distintos no canal central. A trilha sonora de Howard Shore é sempre envolvente e destacada, mesmo em meio aos elaborados efeitos sonoros. As opções de áudio são completadas por dublagens lossy Dolby Digital 5.1, que incluem o nosso idioma. Entre as diversas opções disponíveis para legendas estão português (PT e BR), inglês, espanhol e francês. Os bonitos menus animados, acompanhados por músicas do filme, estão em português.

1448266355_4

EXTRAS
A edição estendida de O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS, como as dos demais filmes da trilogia, vem acompanhada por comentários em áudio e os extensos Apêndices de produção, que totalizam mais de nove horas e seguem a ordem cronológica iniciada nas edições estendidas de O SENHOR DOS ANÉIS (e que prosseguiu na trilogia O HOBBIT). Todos os vídeos estão em alta definição, com opções de legendas em português.

  • Comentários em Áudio – A versão 2D do filme pode ser assistida acompanhada dos informativos comentários do diretor e co-roteirista Peter Jackson (claramente aliviado por ter concluído mais esta longa e trabalhosa trilogia), e da co-roteirista Philippa Boyens;
  • Nova Zelândia: Pátria da Terra-Média – Parte 3 (6:07 min.) – Terceira e última parte das visitas de Peter Jackson e sua equipe às locações neo-zelandezas, iniciadas em UMA JORNADA INESPERADA.

Os Apêndices Parte 11: A Tempestade que se Aproxima

  • Abertura (3:46 min.) – Elenco e equipe nos dão uma prévia do que será mostrado nos Apêndices: momentos difíceis, de descontração e de despedida à Terra-Média;
  • Na Masmorra do Necromante (30:08 min.) – O foco deste segmento são as filmagens no set de Dol Guldur;
  • Fogo e Água (30:02 min.) – Temos aqui os bastidores das cenas da destruição da Cidade do Lago, a construção da flecha negra e os efeitos visuais da morte de Smaug;
  • Sob a Sombra da Montanha (18:03 min.) – Os desafios enfrentados pela equipe e pelo elenco nas locações de Rock and Pillar Range;
  • No Despertar do Dragão (27:28 min.) – A tradução correta deste featurette, que destaca a participação dos figurantes na locação do Lago Pukaki e algumas surpresas para o elenco, deveria ser Na Esteira do Dragão;
  • O Encontro das Nuvens (30:10 min.) – As filmagens entram na reta final, e apesar da corrida contra o tempo elenco e equipe diminuem a tensão em alguns momentos descontraídos;
  • Muitas Partidas (30:02 min.) – Ao final das filmagens principais as despedidas de membros do elenco se revelam comoventes, e o diretor Peter Jackson dá um presente especial a cada um;
  • Explosão de Nuvens (29:49 min.) – Entrevistas e cenas de bastidores revelam o ótimo clima no ambiente das filmagens – ainda que elas tenham sido interrompidas alguns dias por causa de um incêndio no set;
  • A Última Batalha Desesperada (30:12 min.) – Orlando Bloom (Legolas) e Ian McKellen (Gandalf) encerram suas participações. Evangeline Lilly (Tauriel) e Richard Armitage (Thorin) falam sobre seus momentos memoráveis no set;
  • Fora do Portão (30:10 min.) – Os atores que interpretaram os anões falam sobre sua saída para a batalha em Erebor. Martin Freeman (Bilbo) dá seu último adeus à Terra-Média;
  • A Última Etapa (34:05 min.) – Durante os últimos dias de filmagens, Jackson posta uma mensagem para os fãs no Facebook, Armitage encerra sua participação e acompanhamos uma comovente e divertida cerimônia de encerramento.

1448266459_4

Os Apêndices Parte 12: Aqui no Fim da Jornada

  • Sob O Trovão: Forjando a Batalha dos Cinco Exércitos (90 min.) – Dividido em três partes que podem ser assistidas individualmente ou em sequência, este documentário dá uma detalhada visão sobre os efeitos práticos e visuais usados na criação da batalha final;
  • As Pessoas e os Habitantes da Terra-Média (88:08 min.) – Documentário também dividido em três partes, cada uma dedicado a um personagem/ator (Tauriel/Evangeline Lilly, Thranduil/Lee Pace e Dáin/Billy Connoly;
  • Reinos da Terceira Era: Da Cidade de Vale aos Salões de Erebor (90:28 min.) – Mais um documentário dividido em três partes, focado na construção dos sets de Vale, Dol Guldur e Erebor;
  • Adeus, Amigos! (32:56 min.) – Cenas de bastidores e depoimentos documentam o final da jornada de mais de 15 anos de Peter Jackson e sua equipe para levar a mitologia de Tolkien às telas;
  • Bônus (21 min.) – Três featurettes mostram um vídeo especial para Harry Knowles (do site (AICN) em seu aniversário, Jed Brophy e o cast de anões interpretando sua canção “Rivers of Gold” e, finalmente, uma piada interna com o ator Adam Brown;
  • Lembrando Andrew Lesnie (5:47 min.) – Um tributo especial ao diretor de fotografia das trilogias O SENHOR DOS ANÉIS e O HOBBIT, que faleceu em abril de 2015.

1448266355_7

Jorge Saldanha

Um comentário sobre “Resenha: O HOBBIT: A BATALHA DOS CINCO EXÉRCITOS – Edição Estendida (Blu-ray 3D+Blu-ray)

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s