Sci Files: STAR WARS REBELS


rebels2_posterA série de animação Star Wars Rebels estreou nos Estados Unidos em 3 de outubro de 2014, pelo Disney Channel XD, com produção de Dave Filoni (Star Wars: The Clone Wars), da Lucasfilm Animation.

A trama situa-se 15 anos após o Episódio III – A Vingança dos Sith, no planeta Lothal, onde o Padawan humano Ezra Bridger encontra um grupo de rebeldes composto por Kanan (Jedi), Hera Sybdulla (Twilek), Zeb (Lasat), Sabine (Mandaloriana) e Chopper (dróide Astromech). Eles tripulam o cargueiro “Fantasma” e são caçados por um Inquisidor Imperial, que prova ser um vilão formidável (os primeiros inquisidores apareceram na HQ Dark Empire II).

A primeira temporada teve diversas participações especiais de personagens vindos dos filmes da franquia: R2-D2, C-3P0, Lando Calrissian, Moff Tarkin, Yoda, Obi-Wan Kenobi, Bail Organa, Ahsoka Tano e até mesmo Darth Vader. A série possui o clima da trilogia clássica, enquanto The Clone Wars seguia o tom da nova trilogia. Alguns episódios nos remetem ao início da rebelião contra o Império (o surgimento da Aliança Rebelde foi mostrada em 2010 no jogo The Force Unleashed, que no entanto foi deletado na nova linha do tempo estabelecida pela Disney).

Na segunda temporada, ainda em exibição nos EUA, Ahsoka e Vader entram para o elenco permanente da série. Aliás, o episódio inicial da segunda temporada “Cerco sobre Lothal”, é de arrepiar. A revista Kanan e o livro Um Novo Amanhecer complementam a história de Rebels, que no Brasil é exibida no canal Disney XD.

Sem dúvida, uma série recomendada para todos os fãs de Star Wars.

Trailers:

Referência: https://pt.wikipedia.org/wiki/Star_Wars_Rebels

Guilherme da Costa Radin

Anúncios

6 Comments

  1. Amigos Sci-Fi, o meu desinteresse por “O Despertar da Força” tem um motivo: tudo com o que nos acostumamos sobre Star Wars pós Retorno de Jedi, via Universo Expandido, especialmente a Trilogia de Zhan, foi anulado pela Disney?
    Os 3 filhos de Han e Leia, por exemplo, agora não passam de “invencionices” do Universo Expandido caídas no desuso?

    Curtir

  2. Não é demais lembrar que a própria Lucasfilm já tinha comentado, bem antes da venda para a Disney, que o UE de Star Wars nunca foi “canônico” em relação aos filmes. O motivo é bem simples: o Lucas com certeza não iria ficar fazendo “pente fino” no que foi publicado caso realizasse novos longas.

    Mas o UE continua aí, agora rebatizado como “Legends”. Tanto que a Panini quanto a Aleph estão publicando bastante coisa desse material.

    Curtir

    1. Sim, esta parte de não ser “canônico” eu entendo. É o caso, por exemplo, dos livros sobre Khan Noonien Singh escritos por Greg Cox para o universo de Jornada nas Estrelas: Eugenics Wars volume 1 e 2 e To Reign in Hell. Não é canônico, mas a vida de Khan na terra que terminasse com ele e sua “família” fugindo na SS Botany Bay poderia render um ótimo retorno de Star Trek a telinha, talvez como mini-série.
      Mas voltando a Star Wars, enfim, desde que sempre se tenha a Trilogia Clássica, ótimo. Pena que parece bem óbvio que a versão de cinema desta talvez nunca saia em BD. Alguém sabe o motivo?

      Curtir

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s