Resenhas - Livros

Resenha de Livro: O FIM DA INFÂNCIA – Arthur C. Clarke


o fim da infanciaEstamos de volta com mais uma pequena resenha de livro “das antigas”, e se você acompanha o Sci Fi do Brasil sabe que a clássica obra de Arthur C. ClarkeO Fim da Infância, está sendo adaptada como uma minissérie pelo SyFy, que estreará no final de 2015. Assim, nada mais justo de que o próximo livro comentado aqui seja ele. Como poderão notar, se a minissérie quiser ser fiel ao livro, terá de ser épica:

Resumo:
Certo dia, vindas das profundezas do espaço, naves gigantescas surgiram sobre as maiores cidades da Terra. Ficaram pairando durante dias, até que finalmente explicaram suas intenções: seus ocupantes, doravante conhecidos como “Senhores Supremos”, tinham vindo para dominar e governar a raça humana. Não uma dominância imposta pelo terror, pela escravidão, mas um domínio baseado na completa satisfação das nossas necessidades. Sua única condição: a raça humana nunca poderia sair de seu planeta, nunca poderia vagar pelo cosmos. A resistência humana pouco a pouco foi sendo vencida, pois a humanidade viu que tinha mais a ganhar do que a perder. Assim, os Senhores Supremos levaram a Terra a uma Idade Dourada: as doenças desapareceram, assim como praticamente todas as desigualdades sociais e econômicas. As pessoas viviam felizes e tinham tempo agora para estimular suas habilidades artísticas, criativas, esportivas, etc. Mas com o passar das décadas alguns começaram a questionar: quais seriam as reais intenções dos alienígenas? E porque eles nunca se deixaram ser vistos pelos humanos?

ATENÇÃO! Caso você não tenha lido o livro, o texto a seguir contém SPOILERS sobre ele e, possivelmente, a minissérie:

Este é, com certeza, um dos livros mais complexos de Clarke que já li. Eu o comparo com, por exemplo, a O Fim da Eternidade, de Isaac Asimov (que também falarei futuramente). E ele levanta interessantes questões: é certo a humanidade abdicar da sua liberdade de viajar pelo espaço, de explorar, em troca de viver numa “Gaiola Dourada” sob a tutela paternalista dos Senhores Supremos? Viver num mundo sem guerras, sem doenças, mas, de certa maneira, num mundo insuportavelmente… como direi? Chato! Outro ponto digno de nota: A um certo momento do livro os Senhores Supremos decidem mostrar sua verdadeira aparência, e por fim compreendemos o porquê de não terem se revelado antes: seu traço demoníaco com certeza impediria qualquer subserviência espontânea da raça humana.

À medida que o livro se encaminha para o seu final, finalmente nos apercebemos das verdadeiras intenções para com a nossa raça: pessoas de uma nova geração começam a desenvolver poderes mentais cada vez maiores, até que se tornam um só, uma mega-consciência. Essa consciência deve se fundir com a Mente Suprema, à qual os Senhores Supremos servem e agem por eles para preparar outras raças como a nossa. O livro termina com o último ser humano que restou indo habitar no planeta natal dos Senhores, enquanto a mega-consciência passa para um plano mais elevado rumo ao seu encontro com a Mente Suprema.

Enfim, um livro quase transcendental. Como disse no início, uma minissérie televisiva baseada nele terá uma dificílima missão! Particularmente, apostaria mais numa produção baseada em Encontro com Rama, também de Clarke. Mas enfim…

Viajante Relativista nº 5

12 comentários em “Resenha de Livro: O FIM DA INFÂNCIA – Arthur C. Clarke

  1. Carlos Fernando Schmitt

    Um dos melhores livros do Arthur C. Clarke. Espero que a série esteja à altura da obra escrita.

    Curtir

  2. O Final me deixou deprimido. Mas é um excelente livro

    Curtir

  3. Viajante Relativista n° 5

    O mais estranho é que, filosoficamente/religiosamente falando eu acho as vezes que nossa missão na Terra é essa… e olhe que Clarke era ateu…

    Curtir

  4. Meu medo é que na minissérie esse aspecto transcendental/filosófico/religioso seja limado, substituindo as motivações dos High Lords por clichês de invasão alienígena (como Independence Day e V, produções inspiradas em parte pelo livro de Clarke).

    Curtir

  5. Gleston Castro

    Estou adorando estas resenhas. Continue assim. Como sugestão voce poderia comentar o livro O despertar dos deuses de ISAAC ASIMOV. Bem como TODA a serie FUNDAÇÃO.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Uma grande obra do Arthur C Clarke. Terminei de ler na semana passada, e demorou um pouco para sair da depressão que este livro me trouxe.
    A obra é como uma orquestra, maestrada de uma forma intensa até o momento do grand finale; as peças vão se encaixando pouco a pouco, e somente no fim é possivel entender o todo. Não tem como não sentir calafrio no trecho onde diz que no momento que os Senhores Supremos chegaram à Terra, os homens sentiram o medo, do inicio do fim.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Cristina Vilas Bôas

    Quando a minissérie será lançada no Brasil? O livro é ótimo, foi um dos primeiros livros que li sobre ETs. Estou aguardando ansiosa!!!

    Curtir

  8. Pingback: Resenha de Blu-ray: INDEPENDENCE DAY – 20th ANNIVERSARY EDITION (US) | ScoreTrack.net

  9. Pingback: Resenha de Blu-ray: INDEPENDENCE DAY – 20th ANNIVERSARY EDITION (US) – SCI FI do Brasil – O Portal da Ficção Científica em Português

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: