Artigos Filmes Games

Videogames no Cinema


Mortal Kombat (filme)

No inicio dos anos 1990 começaram a chegar às telas os filmes baseados em videogames de sucesso. A maioria dos primeiros filmes eram fracos, mas alguns tinham ótimas produções. Dessa safra vieram Super Mario Bros, Double Dragon, Street Fighter e Mortal Kombat 1 e 2.

Super Mario Bros (1993) era totalmente ruim, assim como Double Dragon. Ambos tinham pouca coisa em comum com os jogos de origem. Robert Patrick (T-1000 de Exterminador do Futuro 2 e John Dogget de Arquivo X ) foi o vilão de Double Dragon.

Street Fighter – O Filme (1994) foi mediano, e teve no elenco Raul Julia (em seu último filme antes de falecer) e Jean-Claude Van Damme, à época no auge do sucesso. O enredo fazia sentido e a maioria das lutas eram legais. Mas é Mortal Kombat (1995), do diretor Paul. W. S. Anderso, sem dúvida, o grande destaque da safra. Foi filmado na Tailândia, e o enredo segue à risca a trama do jogo. A caracterização dos personagens e as lutas, especialmente de Sub-Zero, Scorpion e Reptile, são ótimas. Christopher Lambert (Highlander) interpretou o deus do trovão Rayden.

Em 1997 saiu a tosca continuação Mortal Kombat 2 – Aniquilação, com outro diretor, um ator diferente no papel de Rayden, figurinos carnavalescos e uma trama sem pé nem cabeça. Entre 1998 e 1999 foi exibida a série de TV Mortal Kombat – Konquest, que mesmo sendo ótima durou apenas uma temporada.

Depois de alguns anos de ostracismo vieram novas adaptações que deram novo fôlego ao gênero: Lara Croft – Tomb Raider, Doom – A Porta do Inferno e Resident Evil. Em 2001 chegou Lara Croft, interpretada pela linda e ótima atriz Angelina Jolie. Devido ao sucesso, uma continuação (fraca) foi produzida em 2003. No início da carreira, o atual James Bond, Daniel Craig, participou do primeiro filme. Há rumores sobre a produção de novos longas baseados no jogo Tomb Raider, trazendo outra atriz como Lara Croft.

Doom – A Porta do Inferno é uma produção acima da média no gênero, estrelada por Dwayne Johnson (então apenas “The Rock”). Os efeitos especiais são fracos, mas o clima de terror é arrepiante. O longa ainda tem no elenco Karl Urban, vindo das séries de TV Hércules e Xena, e que no cinema participou de Trilogia O Senhor dos Anéis, A Batalha de Riddick, Star Trek e do recente Dredd.

Em 2006 foram lançados os fracos filmes King of Fighters  e Dead or Alive – DOA, este tendo no elenco Eric Roberts, que participou de Heroes e Batman – O Cavaleiro das Trevas. Já o destaque dessa fase vai novamente para um filme do diretor Paul W. S. Anderson: Resident Evil, de 2004, estrelado pela esposa de Anderson, Milla Jovovich. Devido ao sucesso foram produzidos mais quatro filmes, sendo que Anderson voltou a dirigir os dois últimos. Ali Larter, de Heroes, participou dos longas 3 e 4.

Em 2006 o diretor francês Christophe Gans lançou o apavorante Terror em Silent Hill, considerado por muitos a melhor adaptação cinematográfica de um videogame. Com uma boa trama o filme é bem fiel ao jogo original, reproduzindo bem seu clima bizarro e sinistro. Em 2012 foi lançada a continuação Terror em Silent Hill – Revelação, fracasso de crítica e de bilheteria, razão pela qual deverá sair apenas em DVD no Brasil. 

Entre porcarias e bons filmes, os fãs de videogames tem muito a comemorar. Afinal novas e promissoras adaptações vem aí, como Shadow of Colossus, God of War, Half-Life e Portal.

Guilherme da Costa Radin

2 comentários em “Videogames no Cinema

  1. Foi confirmada também a adaptação de World of Warcraft para os cinemas.

    Curtir

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: