A série japonesa Metalder foi exibida pela Bandeirantes, mas não fez sucesso como as da Manchete. No Japão, teve sua existência encurtada. A série foi planejada para ter em torno de 50 episódios, mas devido à baixa audiência foi encurtada para 39. De acordo com  a Wikipedia:

Choujinki Metalder (em japonês: 超人機メタルダー, Chōjinki Metarudā?, traduzido como Super Humano Máquina Metalder, e lançado no Brasil sob o título Metalder, o Homem Máquina) é uma série de televisão japonesa do gênero tokusatsu, pertence à franquia dos Metal Hero. Produzida pela Toei Company, foi exibida originalmente entre 16 de março de 1987 e 17 de janeiro de 1988, totalizando 39 capítulos e um longa-metragem. Foi exibida no Brasil de 2 de abril a 21 de dezembro de 1990 pela Rede Bandeirantes. Posteriormente, foi adaptada para o público americano, juntamente com Spielvan e Shaider, pela produtora norte-americana Saban Entertainment como a série VR Troopers.

O personagem título Metalder, em alguns aspectos, se parece com o data de Jornada nas Estrelas – A Nova Geração (1987 a 1994), pois ele aprende e evolui no seu contato com outros seres.

A trama, de acordo com a wikipedia:

Em meio à 2ª Guerra Mundial, o especialista em robótica Doutor Koga desenvolveu o andróide Metalder como arma secreta do exército japonês para ser usado na Guerra do Pacífico contra os EUA. Como modelo o Doutor Koga utilizou o seu finado filho, Tatsuo Koga, segundo subtenente da Marinha Imperial. Porém o projeto foi abandonado. Em 1987, Koga descobre a existência do Império Neroz e pouco antes de morrer, ativa Metalder.

Metalder é uma série diferente das produzidas na mesma época, pois geralmente o herói enfrenta apenas um inimigo por episódio; já Metalder enfrenta um exército de robôs e monstros. Além disso a temática é bem adulta, como Kamen Rider Black. Black conseguiu atrair tanto o publico adulto como o infantil, o que não ocorreu com Metalder no Japão.

Aliados e inimigos:

  • Doutor Ryuuchirou Koga – Gênio em robótica, criou Metalder. No primeiro episódio da série, sabendo da ameaça vinda de Neroz, ativa Metalder e é morto perseguido por suas tropas.
  • Springer – Cão-robô que protege a base Silver Cat’s. Foi construído pelo Doutor Koga antes de Metalder. É capaz de se comunicar com um ser humano, e quando preciso faz reparos no próprio Metalder. Possui um torso e um colar de metal.
  • Mai Aoki – Fotógrafa que trabalha para uma revista semanal. É a primeira garota que Hideki encontra. Passa a acompanhá-lo em suas aventuras desde então.
  • Satoru Kita – Aparece pela primeira vez no episódio 16. Sonha em se tornar o melhor piloto de motovelocidade do mundo. Antes disso era líder de uma gangue motoqueiros. Encontra-se com Hideki e Maya numa seção de fotos para uma revista de motociclismo.
  • Top Gunder – Membro da Unidade Cibernética, desafiou Metalder para o combate, sendo que Metalder recusou a luta. Na batalha para conseguir sua arma, Top Gunder vence e atira em dois membros da Tropa Monster que os avistava. Gunder decide adiar a luta para poder enfrentá-lo no momento em que houvesse uma oportunidade. Com a adaga do falecido Tatsuo Koga, no segundo combate, Metalder vence o combate e parte deixando Top Gunder com vida. Julgado como traidor, Top Gunder é perseguido e Metalder aparece para prestar uma ajuda ao Top Gunder. Como retribuição, Top Gunder resolve fazer uma aliança para ajudar Metalder na luta contra Neroz.
  • Ben Kei – Membro da Unidade Blindada, desafiou Metalder para o combate. Ao ver que um indefeso coelho corria perigo, Metalder usa suas últimas forças, mesmo ferido na perna por Ben Kei, e o vence. Ele teve o mesmo destino de Gunder, deixa-o viver e responde dizendo que possui uma vida e para que não a desperdice em vão. Ele reaparece ajudando Metalder na luta contra Beta Saxon, mas acaba sendo morto pelos ninjas de Neroz.
  • Rapsodia – Construído por Neroz e membro da Unidade Cibernética, ele tinha como missão usar sua música para destruir Metalder. Mas Metalder consegue vencê-lo e Rapsodia pede a Metalder para poder tocar a canção final antes do adeus. Feito isso, ele é atacado por um membro da Tropa Mecanol. Reaparece no episódio 19 ajudando uma garotinha, o que o julgaria como um traidor. Quando Metalder e Rapsodia estavam se aproximando do fim, aparece Top Gunder para ajudá-los do perigo. Depois de vencer Beta Douglas, responsável por fazer a garotinha e Metalder entrarem em sua fortaleza, Rapsodia se afasta das lutas, recomeçando do zero vivendo ao lado dos humanos trazendo felicidade às pessoas com sua música. Ao seu lado vive Lume, uma menina robô que fora utilizado por Neroz para destruir Metalder ao se transformar, agora traz alegria as pessoas junto de Rapsodia.
  • Barlock – Anteriormente era atleta, mas foi construído por Neroz como membro da Unidade Blindada. Mesmo assim possuía um senso de justiça e ajuda Metalder a recuperar o cientista, por possuir dados do doutor Koga. Durante a batalha, Barlock e Metalder travam uma batalha homem a homem, mas o derrota e o deixa viver. Como o grupo de Neroz estava atrás de Metalder e do cientista, Barlock tenta atrair a atenção do grupo de Neroz enquanto Metalder salvava o cientista. No final, Barlock morre nas mãos do império Neroz, mas morre como um homem livre.

 O Império Neroz

  • Imperador Neroz – O Major Issao Muraki foi um dos cientistas que trabalhou no Projeto Homem-Máquina, auxiliando o Dr. Koga. Porém, foi descoberto mais tarde que Issao Muraki utilizava prisioneiros de guerra da Federação em experiências mutantes, a fim de concretizar o Homem-Máquina antes do Dr. Koga. Ele foi expulso do grupo que trabalhava no Projeto, foi julgado e condenado à morte por seus crimes em Singapura. Através de um suborno, ele conseguiu ser substituído na hora da execução e conseguiu fugir incógnito do Japão, passando à viver na América, onde uniu-se ao maior Sindicato Criminoso do mundo. Através de uma perfeita cirurgia plástica, trocou de rosto e identidade e passou à chamar-se Makoto Dolbara! Degrau à degrau, conquistando todos os sindicatos criminosos e tornando-se o criminoso mais poderosos do mundo. Com sua imensa fortuna, submeteu-se à uma série de cirurgias mutantes, onde transfigurou-se na horrenda figura do Imperador Neroz e, com seu conhecimento científico, desenvolveu as quatro Unidades de seu Império, que controlavam o mundo todo em seu nome.
  • Unidade Blindada – Liderada por Arthur, o braço direito de Neroz. Possui soldados usando armaduras especiais de combate.
  • Unidade Mecanol – Robôs com armadura e blindagem pesada, para o combate puro e simples. Seu líder é Druon.
  • Tropa Monster – Liderada por Davius, é composta por criaturas horrendas criadas através da engenharia genética.
  • Unidade Cibernética – Seus membros são todos andróides de combate, cujo líder é Balzac.
  • Soldados de Neroz- São a categoria mais baixa dentro do Império Neroz, utiilizados para missões suicidas e trabalhos pequenos e sem sentido.

Em algumas batalhas Metalder enfrenta mais de vinte inimigos, e junto com seu aliado Top Gunder causa muitas derrotas ao Império Neroz. Os episódios centrados em Top Gunder  estão entre os melhores da série. Ao longo dos episódios, vemos que existe um estranho mistério entre o Imperador Neroz e Arthur, que se mostra um dos inimigos mais terriveis de Metalder, e algumas vezes quase consegue derrotá-lo.

Vemos que existem rivalidades entre as tropas de Neroz, e o Imperador também as fomenta. Nas cenas de ação das tropas de Neroz as músicas são bem militarizadas, algo incomun nas sáries japonesas. Aliás, o tom militar permeia toda a série, com sua trama ligada à Segunda Guerra Mundial.

Curiosidades, de acordo com a Wikipedia:

  • A série teve fraquíssima repercussão em seu país de origem, por isso sendo encurtada para 39 episódios. Especula-se que isso se deu devido ao tom sério e altamente melancólico da produção, que tinha fortes doses de drama, e da temática da série, considerada adulta por muitos, e por isso, não chamou a atenção do público-alvo. Até hoje, a série divide opiniões, sendo por alguns considerada uma produção deslocada e desnecessária, e por outros uma das melhores séries do gênero tokusatsu já produzidas.
  • O ator Kazuoki Takahashi interpretara dois anos antes Hayate/Change Griphon em Changeman e no ano anterior interpretou Miram, o suposto irmão de Sara, no episódio 21 de Flashman. No ano posterior, voltaria às telas, como Aman Negro, em Jiraya.
  • Nos episódios 25 e 26, Junichi Haruta (Goggle Black no Goggle V, Dyna Black em Dynaman, MacGaren em Jaspion) interpreta o dono do restaurante que aparece no episódio. Hiroshi Watari (Sharivan, Boomerman, Spielvan), Kenji Oba (Gavan), Makoto Sumiwaka (Lady Diana e Reiko Shiratori) e Sumiko Tanaka (Jun Yabuki/Yellow Four II) também aparecem nesses episódios.
  • No episódio 28, A Pantera Vermelha, aparece a ladra Red Panther. Esta foi interpretada por Hiroko Nishimoto, que dois anos antes foi Sayaka Nagisa/Change Mermaid em Changeman.
  • Seiji Yokoyama, o autor da trilha sonora da série, também fez a trilha sonora de Cavaleiros do Zodíaco e Winspector (onde vários temas instrumentais de Metalder foram reaproveitados). Em 2001 foi entrevistado pela Revista Henshin

Diria que Metalder foi incompreendida na sua época, por ser inovadora e diferente. Ela dividiu o público no Japão, onde foi sucedida por Jiraiya (no Brasil, exibida pela Manchete). Para os fãs de séries japonesas, recomendo que conhecem as aventuras do homem-máquina Metalder.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Metalder

Guilherme da Costa Radin

5 comentários em “METALDER

  1. Cristiano Silveira

    Estou assistindo Metalder – a série é excelente. Talvez eu ache isso por gostar de Kamen Rider Black, outra série japonesa que destoa das outras de mesmo gênero. Só a título de comparação, também estou assitindo Sharivan. A diferença é grande.
    Abraço.

    Curtir

  2. Pingback: GAVAN, o pioneiro dos Metal Heroes | SCI FI do Brasil

  3. Gilberto

    Metalder foi perfeito… ao seu lado apenas dois se equivalem… kamem rider e flashman… histórias alem de seu tempo…

    Curtir

  4. Pingback: Sci Files: POWER RANGERS – SCI FI do Brasil – O Portal da Ficção Científica em Português

  5. Pingback: Sci Files: O Fantástico JASPION – SCI FI do Brasil – O Portal da Ficção Científica em Português

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: