Filmes Resenhas - Trilhas Sonoras

Resenha: X-Men – First Class – Henry Jackman (Trilha Sonora)


Música composta por Henry Jackman
Selo: Sony Masterworks
Catálogo: SK8697923202
Lançamento: 28/06/2011
Cotação: ***½

Pensem o que quiserem de Hans Zimmer, mas inegavelmente o alemão é o mais influente compositor de cinema na atualidade. Esse status foi atingido, senão pelo virtuosismo do compositor, principalmente por dois fatores: a extrema eficácia de seus scores nos filmes e o lançamento no mercado de vários colaboradores que, após iniciarem suas carreiras em sua equipe, partiram para projetos solo que via de regra trazem neles embutido o “Zimmer Sound”. É o caso de Henry Jackman, que possui background similar ao de Zimmer (tecladista de origem pop) e cujo trabalho individual começou a ser notado em Kick-Ass – Quebrando Tudo, não por acaso o filme anterior do diretor de X-Men – Primeira Classe, Matthew Vaughn.

A música na franquia X-Men é eclética, já que cada um dos seus cinco filmes até agora lançados (aí incluída a aventura solo de Wolverine) teve scores escritos por diferentes compositores. Dentre todos os meus preferidos são X-Men 2 e X-Men 3, respectivamente de John Ottman e John Powell, nos quais os compositores escreveram temas principais chamativos. Já a trilha sonora original de X-Men: First Class, como ouvida no filme, pouco se sobressai, contudo em disco as coisas mudam sensivelmente para melhor.

O filme, seguindo a tendência atual, não possui uma sequência de créditos iniciais que nos permita ouvir a interpretação completa de seu tema principal. Já a faixa inicial do álbum, “First Class”, traz esse tema completo, e se ele não chega a ser tão forte quanto os de Ottman e Powell, é igualmente chamativo. Seu início é plenamente orquestral, com destaque para as cordas às quais posteriormente se juntarão os metais. Em sua parte final a faixa recebe o reforço de percussão e guitarras elétricas, num padrão rock-orquestra que ouviremos frequentemente ao longo da partitura. Os elementos de rock empregados por Jackman são adequados, já que o filme se passa nos anos 1960, década em que a música pop tomou o mundo de assalto. Meu único reparo é que o som das guitarras muitas vezes é distorcido demais, evocando sonoridades que surgiriam subsequentemente ao período da trama. Mas isso não impede que uma faixa basicamente tecno-elétrica como “X-Training”, por exemplo, seja um dos destaques da trilha.

O material temático de Jackman é atraente, fornecendo bons motivos musicais aos X-Men, a Xavier e a Magneto. Em variações desse último ouvimos tanto guitarras pesadas como mais sutis, similares às empregadas por Zimmer em A Origem – influencial trabalho que empresta algumas construções harmônicas ao de Jackman. Em termos de força e dramaticidade, o destaque vai exatamente para o tema de Magneto, que no álbum aparece pela primeira vez em “Pain and Anger”, ouvida na sequência que repete a introdução do primeiro longa da franquia e que introduz as motivações do personagem. O tema retornará de forma particularmente forte em “Frankentein’s Monster”, e inclusive posteriormente terá a honra de encerrar o álbum em uma percussiva e elétrica interpretação completa.

Temos então aqui uma trilha sonora que cresce, quando ouvida em separado do filme. Assim podemos melhor apreciar momentos suaves como os de “Would You Date Me?”, e evocativos em “Cerebro”. Particularmente achei que as faixas de ação são o ponto fraco do trabalho, e só se sustentam graças à intervenção salvadora dos temas principais. Pelo menos isso prova que Jackson, ao contrário de muitos de seus colegas em filmes do gênero, se preocupou em fazer mais do que uma mera trilha de ação. É um score que, referências e estilos à parte, possui personalidade própria e merece uma recomendação.

Faixas:

1. First Class (03:20)
2. Pain And Anger (02:58)
3. Would You Date Me? (01:44)
4. Not That Sort Of Bank (03:27)
5. Frankenstein’s Monster (03:03)
6. What Am I Thinking (02:10)
7. Cerebro (02:23)
8. Mobilise For Russia (01:18)
9. Rise Up To Rule (05:56)
10. Cold War (03:20)
11. X-Training (04:26)
12. Rage And Serenity (02:06)
13. To Beast Or Not To Beast (04:47)
14. True Colours (01:51)
15. Let Battle Commence (04:45)
16. Sub Lift (02:19)
17. Coup d’Etat (02:15)
18. Mutant And Proud (03:28)
19. X-Men (02:59)
20. Magneto (01:58)

Duração: 60:33

Jorge Saldanha

5 comentários em “Resenha: X-Men – First Class – Henry Jackman (Trilha Sonora)

  1. Pingback: Resenha: Game of Thrones – Ramin Djawadi (Trilha Sonora) « Sci Fi do Brasil

  2. Pingback: Resenha: Captain America: The First Avenger – Alan Silvestri (Trilha Sonora) | SCI FI do Brasil

  3. Pingback: Resenha: X-Men: Primeira Classe (Blu-ray) | SCI FI do Brasil

  4. Pingback: Resenha: THE DARK KNIGHT RISES – Hans Zimmer (Trilha Sonora) | SCI FI do Brasil

  5. Pingback: Resenha: CAPTAIN AMERICA: THE WINTER SOLDIER – Henry Jackman (Trilha Sonora) | SCI-FI do Brasil

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: