DC Relaunch – Os Novos 52


Em 1986, para resolver o confuso timeline do multiverso da DC Comics, foi lançada a série de quadrinhos “Crise nas Infinitas Terras”, que zerou a cronologia e estabeleceu uma nova. Devido ao sucesso, a concorrente Marvel lançou “Guerras Secretas”, que era um copia inferior mas que tambem fez sucesso.

Com o passar do tempo a DC lançou as sagas “Zero Hora”, “Crise Infinita” e “Crise Final”, mas a cronologia continuou confusa devido ao retorno do multiverso e de personagens que haviam morrido, como Barry Allen (o segundo Flash) e Jason Todd (o segundo Robin), e as vendas caíram. Para recuperar os leitores eles recrutaram Jim Lee para comandar o reboot. Foi então lançada a saga “Ponto de Ignição” (“Flashpoint”), que zerou a cronologia, e foram estabelecidos “Os Novos 52″ – o conjunto de relançamentos de toda a sua linha editorial, que incluiu a reestilização de todos os personagens e até mesmo a alteração de várias de suas caractéristicas.

Na época em que Jim Lee estava nos X-Men, a revista chegou a 3 milhões de exemplares vendidos. De “Os Novos 52″ alguns títulos venderam de 200 a 400 mil exemplares, o que constitui um sucesso. “Os Novos 52″ já lideraram as vendas nos EUA por mais de sete meses. A Marvel, como reação, criou a saga “Vingadores Vs. X-Men”. Dos novos titulos os melhores são: “Liga da Justiça”, “Batman”, “Lanterna Verde”, “Aquaman”, “Detective Comics”, “Action Comics” e “Superman”. Os personagens das linhas Vertigo e Image (Jim Lee) foram incorporados à nova cronologia.

Os únicos personagens que mantiveram sua cronologia intacta foram Lanterna Verde (Hal Jordan) e Batman (a equipe do Batman também ficou intacta). Sagas como “A Queda do Morcego” e “A Piada Mortal” (quando Barbara Gordon é baleada pelo Coringa) continuam valendo, mas “Crise nas Infinitas Terras”, “Zero Hora”, “Crise Infinita”, “Crise Final”, “A Morte do Super-Homem” e “O Retorno do Super-Homem” foram apagadas. Vale lembrar que Hal Jordan se tornou o vilão Parallax por causa dos eventos de “A Morte do Super-Homem” e “O Retorno do Super-Homem”. Esses eventos foram  apagados, mas não a transformação de Hal em vilão.

Na prática a cronologia dos heróis da DC continua com furos, e ainda vão trazer de volta o multiverso. O Flash de Wally West foi substituído pelo Flash de Barry Allen, mas existem rumores de que Wally vai voltar em algum momento, talvez no multiverso. Na linha Batman, “Batwing” e “Batwoman” são os titulos mais fracos. A nova formação dos Novos Titãs com Tim Drake ficou fraca. Robin Vermelho (Jason Todd) e Os Fora da Lei, ficaram muito superiores aos Novos Titãs. Damian Wayne é o novo Robin, enquanto Dick Grayson está no titulo solo “Asa Noturna”.

A Batmoça (Barbara Gordon) está de volta à ação, inclusive no grupo das Aves de Rapina. O Super-Homem está mais agressivo e nem parece o mesmo. O novo Aquaman é bem mais interessante que a versão anterior. O novo Arqueiro Verde é uma copia  descarada do visto na série de TV Smallville. Os personagens dos grupos Wildcats e Stormwatch foram mesclados, de forma coerente, com os heróis da DC. Jonah Hex está mais mesclado ao universo DC, agora que suas aventuras foram transferidas para Gotham City.

A Supermoça voltou a ser a Kara (vista na série Smallville), da cidade de Kandor. O Lanterna Verde (Kyle Riner) teve sua origem alterada, e lidera um grupo de Lanternas. Uma nova saga envolvendo os titulos dos Lanternas vai ser lançada. Batman está na saga “A Corte das Corujas”, que vai envolver todos os títulos da linha Batman.

Algo muito criticado nos EUA é o erotismo escancarado das novas revistas. Gostei dessa mudança, o romance de Batman  e Mulher-Gato é finalmente mostrado. Koriander (estelar) está muito mais sensual. Na minha opinião, a maioria dos titulos ficou melhor com o reboot. Não resta dúvida que “Os Novos 52″ são um sucesso da DC.

Fontes:
http://omelete.uol.com.br/dc-comics/quadrinhos/dc-comics-os-novos-52-analise-dos-titulos-da-reformulacao-parte-1/
http://omelete.uol.com.br/dc-comics/quadrinhos/dc-comics-os-novos-52-analise-dos-titulos-da-reformulacao-parte-2/
http://omelete.uol.com.br/dc-comics/quadrinhos/dc-comics-os-novos-52-analise-dos-titulos-da-reformulacao-parte-3/
http://omelete.uol.com.br/dc-comics/quadrinhos/dc-comics-os-novos-52-analise-dos-titulos-da-reformulacao-parte-4/
http://osquadrinhos.blogspot.com.br/2011/09/dc-novos-52-artigo-completo.html

Guilherme da Costa Radin

About these ads

Um comentário sobre “DC Relaunch – Os Novos 52

  1. Pingback: Marvel X DC: O Duelo de 2013 | SCI FI do Brasil

Comente o conteúdo da postagem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s